Menu

Ventos de Mudança – Masterclasses


Dia 4 de março


Masterclass I – Investigação em Real World Evidence (RWE) em Saúde


ORGANIZAÇÃO

Secção Especializada em Investigação e Ensaios Clínicos da SPFCS


SOBRE O CURSO

A evidência de mundo real (real world evidence [RWE]) em saúde traduz-se na evidência clínica gerada a partir de dados de mundo real (real world data [RWD]) relativa aos potenciais benefícios ou riscos decorrentes da utilização de um produto de saúde.

Esta masterclass em RWE em saúde constitui a segunda de dois módulos formativos, e visa preparar os farmacêuticos, na área da geração de evidência em saúde com foco nas diferentes abordagens epidemiológicas dos estudos de vida real (real life studies [RLS]) e as suas vantagens e limitações na avaliação de eficácia, efetividade e segurança dos medicamentos.


OBJETIVOS

Adquirir competências (continuação da Masterclasse de Outubro 2023 – Vamos Falar – sobre RWE):

  1. Compreender o racional da investigação epidemiológica dos estudos de RWE.
  2. Compreender a importância, impacto e aplicabilidade da RWE no contexto de prática clínica.
  3. Identificar os aspetos mais relevantes associados ao impacto na RWE na saúde das populações.
  4. Compreender o racional da investigação epidemiológica dos estudos pós-autorização (PASS e PAES).
  5. Conhecer os procedimentos regulamentares nacionais aplicáveis à investigação clínica e a importância do cumprimento dos princípios éticos e legais associados à investigação clínica.

CREDITAÇÃO

Aguarda a atribuição de créditos pela Ordem dos Farmacêuticos.


PROGRAMA*

08h15Abertura do Secretariado
08h30 – 08h45Sessão de Abertura
Alexandra Figueira, Secção Especializada em Investigação e Ensaios Clínicos da SPFCS
Renato Silva, Secção Especializada em Investigação e Ensaios Clínicos da SPFCS
08h45 – 11h00MÓDULO 1
RWE no desenvolvimento e acesso a novas tecnologias da saúde.
Claúdia Furtado (a confrimar)
Estudos observacionais: estudos transversais e longitudinais

Fernando Fernandez-Llimos (Laboratório de Farmacologia, Departamento de Ciências do Medicamento, Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto)
11h00 – 11h30Pausa energética
11h30 – 13h00MÓDULO 2
Farmacovigilância. Estudos pós-autorização: PASS e PAES.
Maria Teresa Herdeiro (Departamento de Ciências Médicas, Universidade de Aveiro / Membro do PRAC)
13h00 – 14h00Almoço de trabalho e de partilha
14h00 – 15h45MÓDULO 3
Estudos experimentais. Ensaios clínicos pragmáticos.
Beatrice Mainoli (Médica Farmacologista Clínica, Unidade de Ensaios Clínicos de Fase Precoce do IPO Porto)
15h45 – 16h00Pausa energética
16h00 – 17h15MÓDULO 4
Trabalhos de grupo

Fernando Fernandez-Llimos (Laboratório de Farmacologia, Departamento de Ciências do Medicamento, Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto)
17h15 – 17h30Avaliação, balanço dos trabalhos e encerramento
* Provisório. Sujeito a alterações de última hora.

Masterclass II – Tumores malignos cutâneos


ORGANIZAÇÃO

Secção Especializada em Oncologia da SPFCS


OBJETIVOS

  • Adquirir competências na capacitação dos farmacêuticos para reconhecer os diferentes tipos de cancro de pele
  • Adquirir competências no racional do tratamento integrado dos cancros de pele
  • Compreender a importância da deteção precoce dos diferentes cancros de pele e da capacidade de intervenção do farmacêutico junto do doente

CREDITAÇÃO

Aguarda a atribuição de créditos pela Ordem dos Farmacêuticos.


PROGRAMA*

08h15Abertura do Secretariado
08h30 – 08h45Boas-vindas e abertura
Jorge Bigotte, SPFCS
08h45 – 9h45Epidemiologia, etiologia e fisiopatologia dos tumores cutâneos mais frequentes
Catarina Alves, IPO Porto
9h45 – 10h15Prevenção do Cancro da Pele
Mafalda Ferreira da Silva, IPO Porto
10h15 – 10h30Pausa energética
10h30 – 11h30Clínica do melanoma
Critérios de diagnóstico
Fatores de prognóstico
Catarina Alves, IPO Porto
11h30 – 12h15 Abordagens terapêuticas no melanoma cutâneo
Dania Santos, IPO Porto
12h15 – 12h30Discussão
12h30 – 14h00Almoço de trabalho e de partilha
14h00 – 14h45Abordagens terapêuticas no melanoma cutâneo – Visão Farmacêutica
Catarina Lima, IPO Porto
14h45 – 15h45Referenciação e integração de cuidados de saúde
Mafalda Ferreira da Silva, IPO Porto
15h45 – 16h00Pausa energética
16h00 – 16h45Discussão de Caso Clínico – Uma abordagem multidisciplinar
16h45 – 17h30 Avaliação e Encerramento
* Provisório. Sujeito a alterações de última hora.


Masterclass III – As ULS: estratégias de integração dos cuidados de saúde

Jornada do doente


ORGANIZAÇÃO

Secção Especializada em Integração dos cuidados de Saúde SPFCS


SOBRE O CURSO

As políticas de promoção da saúde e de prevenção da doença, assim como a gestão integrada de cuidados de saúde primários e cuidados hospitalares reforçam a exigência do SNS na articulação entre os vários níveis de cuidados e a centralidade na pessoa. Neste sentido, surge a criação das novas ULS, novos modelos organizativos com estratégias de gestão direcionadas para as necessidades dos beneficiários do SNS.

Este novo modelo integrado permite a obtenção de ganhos em saúde, promovendo os cuidados de saúde primários como a base do sistema, com otimização de processos, de recursos humanos incrementando a articulação entre equipas de profissionais de saúde, solicitando a participação dos cidadãos, e das autarquias para um maior acesso e eficiência do SNS.

Neste enquadramento, surge um novo posicionamento do Farmacêutico Hospitalar como profissional de saúde, com possibilidade de novas estratégias no acompanhamento do doente nos diferentes patamares dos cuidados de saúde, implementando sistemas que recorram à proximidade junto do doente no acesso à terapêutica e desenvolvimento de práticas seguras no âmbito do medicamento

Em tempos de mudança deveremos agarrar as oportunidades e reposicionar o farmacêutico neste novo modelo de cuidados de saúde criando proximidade.

Neste sentido, vem descobrir a nossa Masterclass, que te permitirá momentos de reflexão, partilha de experiências e ferramentas essenciais para ultrapassar obstáculos.


OBJETIVOS

  • Conhecer a jornada do doente e as áreas de intervenção do farmacêutico neste caminho;
  • Compreender a mais-valia do farmacêutico na integração dos cuidados de saúde

CREDITAÇÃO

Aguarda a atribuição de créditos pela Ordem dos Farmacêuticos.


PROGRAMA*

08h15Abertura do Secretariado
08h30 – 08h45Boas-vindas e abertura
Maria de Lurdes Santos, SPFCS
08h45 – 09h15MÓDULO 1
ULS – Novos Modelos Organizativos: estratégias e Inovação
Orador a confirmar
09h15 – 09h45Fazendo acontecer os Cuidados de Saúde nas ULS
Adelaide Belo, Presidente Associação Portuguesa de Cuidados Integrados PAFIC
09h45 – 10h15RNCCI, RNCP, ERPIs: das siglas à integração – o farmacêutico no circuito do doente
João Rafael Gonçalves, Prática farmacêutica em Cuidados Continuados Integrados, Paliativos e Geriatria, Grupo de interesse da OF
10h30 – 10h45Pausa energética
10h45 – 11h15MÓDULO II
ULS – Novos Modelos Organizativos: estratégias e Inovação

Oportunidades e mais-valias de um CRI
João Varandas Fernandes – Presidente da Convergência dos Centros de Responsabilidade Integrada Associação – CCRIA
11h15 – 11h45Continuidade de trabalhos nas UCCI
Joana Ferreira, União das Misericórdias Portuguesas
11h45 – 12h15Consulta Farmacêutica nas USF
Joana Salvado, Farmacêutica Residente ARSLVT
12h30 – 14h00Almoço de trabalho e de partilha
14h00 – 15h00MÓDULO III
Projetos ULS – partilha de experiências

Programa de Literacia em Saúde – Saber + Saúde
Victoria Bell – Professora Faculdade de Farmácia, Universidade de Coimbra

Intervenção Farmacêutica na Prática Clínica
Catarina Dias – Farmacêutica especialista Farmácia Comunitária – Farmácia Bento Lino
15H00 – 16H30Formação de grupos de trabalho – casos práticos
16h30 – 17h00Brainstorming – Projetos de Cuidados de Saúde nas ULS
17h00 – 17h15Avaliação e encerramento
* Provisório. Sujeito a alterações de última hora.